A nossa História

A nossa História

Em 1893, a Fábrica Santo António muito influenciada pela cultura Inglesa, tão presente na nossa sociedade, surge como a primeira unidade fabril de bolachas e biscoitos da região.

À hora do chá, as nossas bolachas e biscoitos estavam presentes em todas as mesas.

129 anos depois, ainda estamos à sua mesa, mantendo a qualidade e a consistência de sempre, como uma marca de referência na Madeira.

O Verdadeiro Sabor de Outros Tempos

Os Fundadores

Francisco Roque Gomes da Silva decidiu fundar em 1893, a primeira fábrica de bolachas da Madeira. Numa época em que havia uma forte presença de famílias Inglesas na sociedade madeirense, e que acabaram por influenciar os costumes, Francisco Roque percebe que a tradição importada de comer biscoitos e bolachas à hora do chá, seria uma oportunidade de negócio onde podia criar um produto de fabrico local sem depender do mercado estrangeiro.

Apostou então no fabrico próprio de bolacha primando pela qualidade dos ingredientes e no rigor da sua confecção.

Sua esposa Guilhermina ao longo dos anos foi alargando o leque de receitas da fábrica, cruzando tradições e implementando receitas da família que atravessaram gerações e permanecem até aos dias de hoje, encontrando-se atualmente na sua 5ª geração familiar.

Signature / assinatura

Os Fundadores

A paixão pela qualidade e o rigor no fabrico, são os princípios fundamentais que nos deixam os nossos fundadores

Bolachas e Biscoitos

Ontem, hoje e sempre, bolachas e biscoitos, são a perfeita companhia das pequenas pausas do dia…
Deliciam pequenos e graúdos, criando memórias felizes!

Travessa do Forno

Travessa do Forno, 1920

A Travessa do forno ganhou o seu nome porque noutros tempos aqui, se localizava um forno comunitário. Foi neste local, e aproveitando a infra-estrutura existente que foi construída a Fábrica Santo António.

Esta fotografia retrata a realidade de 1920…

Funchal de 1906

Rua 5 de Outubro

Nesta fotografia, podemos visualizar no canto esquerdo o edifício da Fábrica Santo António à data de 1906, assim como os carris do carro americano no meio da antiga Rua do Principe, atual Rua 5 de Outubro.

A fábrica tinha apenas 13 anos…

1893, o ano da Fundação

Tudo começou em 1893

Em 1893, nasce a Fábrica Santo António pela mão de Francisco Roque Gomes da Silva, surgindo como a primeira fábrica de bolachas e biscoitos da Ilha da Madeira.

A partir desta data, as ruas do Funchal ganham um novo aroma vindo da Travessa do Forno.

Maquinaria original

Máquinas antigas

A Fábrica mantém a maquinaria original na produção da bolacha, inicialmente funcionavam manualmente, depois a vapor, e atualmente a sua força motriz é a electricidade.

A laminadora, que serve para estender a massa até à espessura determinada para a bolacha, e a máquina de moldar, que corta e molda a massa no formato pretendido.

Ambas as máquinas são provenientes de Inglaterra, e foram criadas por “SPERLING & WILLIAMS’.

Francisco & Guil

O casamento

Francisco Roque Gomes da Silva escolhe para sua esposa a sua adorada Guilhermina, mais conhecida por Guil, que vem a ser a sua grande companheira de vida.

Foi ela a grande responsável pelo desenvolvimento da maioria das receitas familiares que atravessaram gerações.

De geração em geração

Receitas centenárias

Os nossos livros de receitas são o nosso bem mais precioso. Estes pequenos livros estão repletos de receitas originais da Dª Guilhermina, todas escritas na sua linda caligrafia.

São estas receitas que  passadas de geração em geração fazem da Fábrica Santo António uma marca de referência, e que definem hoje, parte da identidade Madeirense.

Lata Metal

A Lata de Metal

A bolacha era comercializada em grandes latas de folha de flandres, com enormes rótulos de papel coloridos que variavam conforme o sabor: Maria, Petit-beurre, Digestiva ou de Gengibre.

Em 2018, para celebrar o seu 125º aniversário, a Fábrica lançou uma nova lata de metal, que presta uma justa homenagem à lata original que faz parte da história de tantas famílias Madeirenses.